Politica

Políticas públicas para as Infâncias motivam visita de comitivas do interior paulista

As políticas públicas prioritárias às Infâncias aplicadas em Jundiaí por meio dos programas municipais Cidade das Crianças e Escola Inovadora motivaram, na manhã desta quinta-feira (06), a visita de cerca de 80 integrantes de comitivas dos Municípios paulistas de Americana, Orlândia, Ipuã, Guaíra e Miguelópolis.

Recebidos pelos gestores Vastí Ferrari Marques e Marcelo Peroni, respectivamente, titulares das Unidades de que compõem a Plataforma de Governo de Educação e Cultura, os grupos iniciaram a manhã de atividades no auditório Elis Regina do Complexo Argos e seguiu por pontos vinculados às políticas abordadas, como o Mundo das Crianças.

A indicação de Jundiaí para a visita técnica surgiu da professora Dr.ª Roberta Borges, coordenadora do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas (NEPP) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de Roberta Puccetti, professora da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Estadual de Londrina (UEL), do Paraná, com as quais a Unidade de Gestão de Educação (UGE) possui diversas parcerias como, respectivamente por exemplo, para a implantação do Centro Internacional de Estudos, Memórias e Pesquisas da Infância (Ciempi) e do grupo de pesquisas [Re]Conectar(es).

Vastí compartilhou o histórico da rede municipal de ensino e da implementação do programa Escola Inovadora e do Currículo Jundiaiense, tratando da importância da escuta da criança e do incentivo ao seu protagonismo. “Em Jundiaí temos a convicção de que a redução das desigualdades sociais passa pela Educação, pois, afinal, as crianças todas passam pela escola, muitas delas já desde os quatro meses de idade.

E o exercício da escuta de incentivo ao protagonismo deles, enquanto cidadãos, traz grandes surpresas. Eles não vêm com pedidos como piscinas ou chafarizes de refrigerante. Eles pedem sustentabilidade, respeito ao meio ambiente, inclusão para o amiguinho com deficiência e uma cidade melhor para os idosos.”

Peroni, que é ponto focal do Cidade das Crianças, aprofundou o tema dos oitos eixos norteadores do programa municipal e reforçou a importância da escuta. “O prefeito Luiz Fernando Machado fez, logo no início de seu governo, uma escolha política pelas Infâncias e temos implementado iniciativas que não só são alinhadas com as propostas do pedagogo Francesco Tonucci como com o cumprimento da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Crianças.

Tudo isso a partir de provocações, como da necessidade da intersetorialidade das ações, da participação das crianças no planejamento das cidades e da escuta delas. Este último, a esta altura, garantido em três esferas: no Comitê das Crianças, nos Conselhinhos Escolares e no Comitê de Escuta Hospitalar, no Hospital Universitário (HU).”

Também participaram do encontro representantes do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça e da Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça, organizações parceiras nos Municípios das comitivas visitantes. O grupo recebeu ainda os materiais institucionais, documentos e publicações técnicas da UGE.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo